Acerca de mim

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O meu Polvo


Sempre gostei de Polvo, tenho uma "costela transmontana" da parte da minha mãe (julgo ser essa a razão), no Natal o polvo cozido é um convidado assíduo na noite de consoada... Bem sei que é caro, não de vez em quando temos de nos estragar com uma loucura...e a minha loucura foi ontem , um polvo de 1kg. Para nós três é demais, mas amanhã já estou a ver umas pataniscas de polvo a rolar para entrada da Moamba, aqui nada se estraga tudo se transforma...
Os nossos antigos cozinham o polvo com uma pane-lona de água, sal e uma cebola, como se não bastasse derretem o polvo de "porrada", para o tornar tenro... Nada disso...esse conceito está ultrapassado, se não vejamos.
Coloquem uma panela alta ao lume, reguem de azeite até cobrir o fundo, depois piquem 3 dentes de alho e deixem "estalar" no azeite, não o deixem tostar, só aromatizar o azeite, depois adicionem raspa de laranja e limão (não abusem), adicionem um ramo de salsa e 3 ou 4 folhas de hortelã... coloquem o polvo dentro da panela, um pouco de sal e tapem com o testo. Lume brando durante 20 min, vão testando com um garfo até verificarem que está cozido. Vejam a foto! A textura do Polvo está intacta, não perdeu a pele nem , nada...Genial!!!

Xi

João Silva

1 comentário:

  1. Não há domingo que não venha petiscar à Cozinha do João... Hmmm tornou-se um habito gostoso!!
    Devo confessar que sou fã... dos pratos... das descrições... da familia... COMO EU GOSTO, TUDO GENUINO!!
    P'rá manhã venham as pataniscas, a muamba e o prazer de estar em familia, entre amigos :)
    UM BRINDE À FAMILIA!!! Como diria a Rosinha

    ResponderEliminar